• Descrição

    otoplastia

    Orelha em abano é o mais comum de todos os defeitos congênitos das orelhas, podendo causar incomodo e constrangimento, principalmente na infância, levando a traumas psicológicos e de comportamento.

    A cirurgia plástica da orelha ou Otoplastia visa corrigir alterações do formato da orelha. A idade ideal para se fazer este procedimento é de 5 – 7 anos de idade, evitando que a criança fique exposta a eventuais traumas psicológicos.

  • Cirurgia

    O tipo de anestesia fica a critério da equipe de anestesistas, podendo ser anestesia local, anestesia local com sedação ou anestesia geral. O procedimento cirúrgico dura em media de 1-2 hs.

    É realizada uma incisão localizada estrategicamente no sulco atrás da orelha, a otoplastia visa posicionar as orelhas mais próximas da cabeça e criar dobras cartilaginosas que caracterizam essa parte do corpo. A “rotação” da orelha pode ser executada retirando-se um pedaço de cartilagem da concha (parte côncava adjacente ao orifício do canal da orelha) e/ou simplesmente utilizando suturas.

  • Recuperação

    Pacientes podem ter alta medica no mesmo dia de cirurgia, não havendo necessidade de internação hospitalar. Devem permanecer em repouso absoluto por 2-3 dias, mantendo a cabeça elevada e com uma faixa elástica por cima das orelhas por 2 – 4 semanas. As cicatrizes resultantes ficam praticamente imperceptíveis, devido a sua criteriosa localização planejada.

    A maioria dos pacientes retornam às suas atividades laborais ou escolares em 3-5 dias e atividade física em 30 dias, dependendo de cada caso clinico-cirúrgico. Os resultados são bastante satisfatórios e podem começar a ser notados em 7 dias após a retirada dos curativos.