• Descrição

    Protese-de-mamaO implante de prótese mamaria, ou mamoplastia de aumento, é um dos procedimentos de cirurgia plástica mais realizados atualmente. A realização desta cirurgia pode melhorar a auto-estima e enaltecer aspectos relacionados`a feminilidade das pacientes. Com o decorrer do tempo, fatores como a idade, genética, gravidez, alterações no peso e a gravidade podem mudar o tamanho e a forma das mamas.

    A inclusão do implante mamário não altera a função da mama. Sensibilidade e possibilidade de amamentação são mantidas. Esta cirurgia esta indicada em pacientes a partir dos 14-15 anos, conforme o desenvolvimento completo do tecido mamário.

    Além do tamanho ou volume, os implantes mamários podem variar em termos da forma (redonda, natural e anatômica), perfil (baixo, moderado, alto e super alto), material utilizado (soro fisiológico, gel de silicone e outros) e características do envelope (superfícies lisas, superfícies texturizadas e com revestimento por espuma de poliuretano). Em geral, os implantes com superfície de poliuretano e texturizados oferecem os melhores resultados a longo prazo, com menor incidência de contratura capsular.

    O tipo, estilo e tamanho dos implantes escolhidos são determinados pelo estilo de vida, contorno corporal, quantidade de tecido mamário, tamanho e aparência desejada.

  • Cirurgia

    O tipo de anestesia empregada fica a critério da equipe anestésica, podendo ser realizada sob anestesia local com sedação, anestesia peridural ou anestesia geral. O tempo da cirurgia pode variar de 1 – 2 hs e a permanência hospitalar geralmente e’ em torno de 12 – 24 hs.

    O implante pode ser inserido basicamente através de 3 vias de acesso: por uma pequena incisão no sulco abaixo das mamas, na borda inferior das aréolas, ou nas axilas. Cada uma dessas formas tem suas vantagens e desvantagens. Independente da técnica, as cicatrizes finais tendem a serem imperceptíveis.

  • Recuperação

    A paciente deve permanecer em repouso absoluto por 48 hs. Após esse período, recomendamos repouso relativo por mais 2 semanas, evitando elevar os braços acima dos ombros. A maioria das pacientes retorna às atividades laborais em 5 – 7 dias às atividades físicas em torno de 30-60 dias, dependendo de cada caso clinico-cirúrgico.

    Deve-se utilizar um sutiã apropriado por um período de 30 a 60 dias visando proporcionar um maior conforto e sustentação, acelerar a absorção do edema (inchaço) e ajudar a manter os implantes na posição ideal.